Peña Nieto pode não ter maioria absoluta no Congresso do México

A coalizão dos partidos políticos do presidente eleito do México, Enrique Peña Nieto, não alcançaria a maioria absoluta na Câmara dos Deputados nem no Senado, disseram fontes eleitorais nesta segunda-feira.

Reuters

02 de julho de 2012 | 16h26

A provável distribuição do próximo Congresso, que começa a trabalhar em 1o de setembro, dificultaria as reformas econômicas que Peña Nieto prometeu em campanha.

"O PRI não vai alcançar mais do que 50 por cento dos lugares na Câmara dos Deputados", disse Ciro Murayama, membro do conselho assessor de um programa de resultados eleitorais preliminares do instituto eleitoral.

O Partido Revolucionário Institucional (PRI), que governou o México por 71 anos até 2000, recuperou o poder nas eleições de domingo após 12 anos na oposição.

(Reportagem de Tomás Sarmiento, Lizbeth Díaz e Miguel Angel Gutiérrez)

Tudo o que sabemos sobre:
MEXICOELEICOESPARLAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.