Pesquisa confirma amplo favoritismo de Correa no Equador

O presidente do Equador, Rafael Correa, está próximo de uma vitória tranquila em primeiro turno nas eleições gerais de domingo, disse na terça-feira um dos principais institutos de pesquisa do país, com base em amostras de sua última pesquisa.

ALONSO SOTO, REUTERS

21 de abril de 2009 | 17h44

O presidente do Cedatos-Gallup, Polibio Córdova, disse que o presidente esquerdista conserva ampla vantagem sobre seus principais rivais, o ex-presidente Lucio Gutiérrez e o magnata da banana Álvaro Noboa.

"Na pesquisa se ratifica a alta probabilidade de que o presidente ganhe no primeiro turno, porque a diferença com o segundo e terceiro lugar será muito além dos 10 pontos mínimos", disse Córdova, cujas pesquisas em eleições anteriores se mostraram precisas.

Córdova não quis entrar em detalhes sobre os números antes da sua publicação oficial.

O socialista Correa, ex-ministro da Economia, é muito popular entre a maioria pobre do país, graças a seus programas sociais e à sua retórica contra as "elites corruptas" do Equador.

(Por Alonso Soto, editado por Javier Leira)

Tudo o que sabemos sobre:
EQUADORCORREAELEIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.