Maurício Dueñas/Efe
Maurício Dueñas/Efe

Pesquisas eleitorais mostram Santos e Mockus empatados na Colômbia

Candidatos têm intenções de voto parecidos até para o 2º turno; eleição ocorre no dia 30 de maio

Efe

21 Maio 2010 | 11h34

BOGOTÁ - Os candidatos Juan Manuel Santos e Antanas Mockus se mantêm empatados nas intenções de voto a pouco mais de uma semana das eleições presidenciais do próximo dia 30 de maio na Colômbia, afirma uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 21, pelo jornal El Tiempo.

 

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 18 de maio com 1,2 mil pessoas que confirmaram que vão votar nas eleições. O governista Santos ficou com 35% das intenções de votos e Mockus, candidato pelo Partido Verde, 34%. Em um provável segundo turno, Mockus obteria 45% dos votos e Santos, 44%.

 

O consultor da empresa Datexco, responsável pela pesquisa, César Valderrama, acredita que a enquete mostra que uma mínima distração dos partidos pode fazer diferença nas urnas e ressaltou que para o segundo turno ainda não há nada definido. Segundo a pesquisa, cerca de 7% dos eleitores ainda não decidiu em quem irão votar.

 

A candidata do Partido Conservador, a ex-chanceler Noemí Sanín, se mantém na terceira posição com 9% das intenções de voto, seguida pelo candidato do Polo Democrático Alternativo (PDA), Gustavo Petro, com 5%, e pelo candidato da Mudança Radical, Germán Vargas Lleras, com 3%.

 

A pesquisa da Datexco também indica que aproximadamente 43% dos eleitores de Sanín devem passar para Mockus em um provável segundo turno, enquanto 34% ficariam com Santos. Já 62% dos eleitores de Petro iriam para o Partido Verde, 6% para o candidato do Partido do U, enquanto 45% dos eleitores de Vargas Lleras ficarão com Santos e 26% com Mockus.

 

Outra pesquisa divulgada recentemente pela televisão CM& coloca Santos com 39% dos votos, enquanto Mockus conseguiria 34%. Pela enquete da CM&, Santos também derrotaria, embora por uma margem pequena, Mockus no segundo turno - o ex-ministro da Defesa chegaria aos 47 % enquanto o ex-prefeito de Bogotá ficaria com 46%.

 

A última pesquisa da Datexco, realizada em março, dava 34,1 % dos votos para Santos, 21,7% para Sanín e Mockus ficaria terceiro com 8,9%.

 

De acordo com o calendário eleitoral colombiano, o primeiro turno das eleições presidenciais será realizado no dia 30 de maio. O segundo turno, caso seja necessário, será realizado no dia 20 de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.