Vincent Villafane/Efe
Vincent Villafane/Efe

Piñera diz apoiar Brasil como membro permanente do CS da ONU

Presidente do Chile defende reforma do órgão e afirma que Brasil é o único país que apoiará

estadão.com.br,

23 de setembro de 2010 | 20h22

NOVA YORK- O presidente do Chile, Sebastián Piñera, pediu nesta quinta-feira, 23, uma ampliação do Conselho de Segurança da ONU e adiantou que apoiará o ingresso do Brasil como membro permanente, segundo a agência de notícias AFP.

 

Em sua primeira participação como presidente nos debates da Assembleia Geral da ONU, Piñera ressaltou a necessidade de "reformar o Conselho de Segurança, para fazê-lo mais plural".

 

O Brasil, junto à Alemanha, Japão e países emergentes como Índia e África do Sul, manifesta há anos sua aspiração a ocupar uma cadeira permanente no CS caso sejam instituídas outras além das cinco atuais - ocupadas por EUA, Reino Unido, França,. Rússia e China.

 

Piñera nomeou unicamente o Brasil entre os países que o Chile estaria disposto a apoiar caso uma reforma para ampliar o conselho seja aprovada. 15 países fazem parte do CS atualmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.