Polícia boliviana apreende 543 quilos de cocaína em 2 operações

Segundo autoridades, em uma das operações, policiais atiraram contra um pequeno avião que carregava 363 quilos da droga e seguia para o Brasil

Efe,

13 de julho de 2011 | 02h23

LA PAZ - A Polícia da Bolívia apreendeu 543 quilos de cocaína em duas operações realizadas nas últimas 48 horas nas regiões de Santa Cruz (leste do país) e Chuquisaca (sudeste), indicou na terça-feira, 12, a força especial de combate ao narcotráfico.

 

O chefe dessa unidade policial, coronel Gonzalo Quezada, informou sobre as operações em entrevistas coletivas realizadas na cidade de Santa Cruz e em Sucre, capital de Chuquisaca.

 

Quezada explicou que na operação de terça-feira, no departamento de Santa Cruz, os policiais tiveram de atirar contra um pequeno avião que carregava 363 quilos de cocaína e seguia com destino ao Brasil.

 

"No momento da incursão, houve uma troca de tiros, mas nossos efetivos controlaram o momento sem deixar mortos ou feridos", destacou o chefe policial.

O piloto, o copiloto e outro homem que transportava o carregamento de droga, todos bolivianos, foram capturados pelos policiais.

 

Quezada disse que, em outra operação, esta realizada no domingo na cidade de Sucre, a Polícia confiscou 180 quilos de cocaína e prendeu três pessoas, uma delas menor de idade.

 

A droga estava escondida em dois veículos que viajavam na rodovia que liga Santa Cruz a Chuquisaca.

 

Na Bolívia, terceiro maior produtor mundial de cocaína - após Colômbia e Peru -, mais de dez toneladas dessa droga foram apreendidas no primeiro semestre de 2011. O combate ao narcotráfico também resultou na prisão de mais de 1,6 mil pessoas, a maioria peruanos e colombianos.

Tudo o que sabemos sobre:
BolíviacocaínadrogaBrasilapreensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.