Polícia colombiana confisca 10,5 toneladas de cocaína

Droga seria enviada da cidade caribenha de Barranquilla ao porto mexicano de Veracruz; 3 presos

Efe,

26 de outubro de 2008 | 06h03

A Polícia colombiana confiscou 10,5 toneladas de cocaína que iam ser enviadas da cidade caribenha de Barranquilla ao porto mexicano de Veracruz, o maior carregamento confiscado em terra pelas autoridades da Colômbia. O diretor da Polícia, general Óscar Naranjo, disse em entrevista coletiva que a droga foi encontrada em dois contêineres que iam entrar no porto de Barranquilla (norte), e na operação foram detidas três pessoas. Os narcóticos encontrados na "Operação Veracruz" têm valor aproximado de entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões, pertenciam ao narcotraficante David "El Loco" Barrera, e estavam escondidos em caixas. Naranjo disse que homens disfarçados da Polícia Judiciária seguiam há seis meses os encarregados de conduzir a carga. Até agora em 2008, as autoridades colombianas apreenderam cerca de 105 toneladas de drogas ilícitas no país.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiacocaínadroga

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.