Polícia investiga ameaça de morte na web a filho de Álvaro Uribe

Autoridades colombianas disseram na quinta-feira que estão investigando ameaças de morte contra um dos filhos do popular presidente do país, o conservador Álvaro Uribe, publicadas na rede de relacionamentos na Internet Facebook.

REUTERS

10 de julho de 2009 | 09h47

"Eu me comprometo a matar Jerónimo Uribe, filho de Álvaro Uribe", diz a mensagem.

Os filhos de Uribe são protegidos por um forte esquema de segurança, como parte da política do governo do país, que há décadas enfrenta uma guerra de guerrilhas e o mais ativo comércio mundial de cocaína.

"Temos de levar isto muito a sério", disse Felipe Muñoz, diretor do serviço de inteligência da Colômbia, conhecido pelas iniciais em espanhol, DAS.

A mensagem diz que a idéia de matar o filho do presidente seria a de fazer sua família "sentir na própria alma o horror da guerra".

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIAURIBEFILHOAMEACA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.