Polícia mexicana acha corpo esquartejado em geladeira

Vítima foi identificada como sendo o francês Patrick Toudert, 55 anos, que morava em Cancún

Efe,

16 de junho de 2008 | 03h53

A Polícia do estado de Quintana Roo, no Caribe mexicano, descobriu neste domingo em uma casa do centro turístico de Cancún o corpo esquartejado de um cidadão francês. Uma parte estava dentro de uma geladeira e outra, no banheiro, informou uma fonte oficial. A vítima foi identificada como Patrick Toudert, de 55 anos, original da França. Segundo comunicado da Procuradoria Geral de Justiça de Quintana Roo, ele vivia há vários anos em Cancún. Relatou que após receber um telefonema anônimo, a Polícia foi a uma casa no centro de Cancún para realizar uma investigação sobre a presença de um cadáver em estado de putrefação. Na casa, os investigadores encontraram dentro de "uma geladeira branca o braço direito e as pernas (...) de uma pessoa", disse o comunicado. O resto do corpo em estado de putrefação, acrescentou, foi encontrado no banheiro.

Tudo o que sabemos sobre:
MéxicoCancúnFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.