Polícia paraguaia reprime protesto pró-Lugo após impeachment

Policiais paraguaios usaram balas de borracha, jatos d'água e gás lacrimogêneo contra manifestantes favoráveis ao presidente destituído do Paraguai Fernando Lugo.

REUTERS

22 de junho de 2012 | 19h11

Os manifestantes haviam montado barricadas em frente ao Congresso e arremessaram objetos, enfurecidos com a velocidade do julgamento político com a aprovação do impeachment contra Lugo.

Espera-se que o Congresso convoque o atual vice-presidente, o liberal Federico Franco, para prestar juramento como novo chefe de Estado.

(Reportagem de Didier Cristaldo)

Mais conteúdo sobre:
PARAGUAIMANIFESTANTESPOLICIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.