Presidente da Colômbia ficará 2 ou 3 dias internado após cirurgia

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, deve passar dois ou três dias hospitalizado depois de ser operado para extrair um câncer não-agressivo da próstata, disse seu médico na terça-feira.

Reuters

02 de outubro de 2012 | 19h45

Santos, de 61 anos, deve ser operado na quarta-feira. Na segunda-feira à noite, ele surpreendeu o país ao anunciar a descoberta de um tumor, mas afirmou que o diagnóstico foi feito precocemente, e que o risco é mínimo.

Seu urologista, Felipe Gómez, disse que o câncer é maligno, mas que não será necessária uma quimioterapia. O médico afirmou também que Santos será submetido a anestesia parcial, sem perda da consciência.

De acordo com Gómez, a recuperação total deve levar cerca de três semanas. Ele não poderá viajar nesse período, mas poderá manter as demais tarefas do governo.

(Reportagem adicional de Eyanir Chinea em Caracas)

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIASANTOSCANCER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.