Presidente da Venezuela diz que oposição planeja golpe de Estado

O presidente eleito de Venezuela, Nicolás Maduro, disse nesta terça-feira que grupos de oposição planejam um golpe de Estado contra seu governo, após atos de violência na véspera que deixaram ao menos sete mortos e 61 feridos.

Reuters

16 de abril de 2013 | 14h39

"Isso é responsabilidade de quem incitou a violência, quem desacatou a Constituição e as instituições... seu plano é um golpe de Estado", disse Maduro, herdeiro político do ex-presidente Hugo Chávez, em cadeia de rádio e televisão.

No domingo, Maduro venceu as eleições presidenciais por estreita margem contra o candidato de oposição Henrique Capriles, mas o líder oposicionista cobrou uma recontagem total dos votos para reconhecer o resultado.

(Reportagem de Eyanir Chinea)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELAMADURODENUNCIAGOLPE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.