Presidente do Peru realiza reforma ministerial

O presidente do Peru, Alan García,substituirá na quinta-feira seis de seus 15 ministros,realizando assim a sua maior reforma ministerial desde quetomou posse no ano passado, afirmou o primeiro-ministroperuano, Jorge Del Castillo. García substituirá os ministros da Habitação, da Saúde,Justiça, Trabalho, Desenvolvimento Social e Questões Femininas,da Justiça, e da Defesa, afirmou Del Castillo. Dois ministros vistos com bons olhos por investidores --Luis Carranza (Economia) e Juan Valdivia (Minas e Energia) --continuarão em seus cargos, disse o premiê, que é chefe degabinete de García. Segundo o governo, as mudanças ajudariam a dar maior ênfaseaos programas sociais no momento em que o bom desempenho daeconomia vem aumentando as receitas do Estado peruano. Mas partidos da oposição afirmaram que o gabinete ficariaainda mais direitista com a nomeação de Mario Pasco, umeconomista pró-mercado, para comandar o Ministério do Trabalho,que, neste ano, mediou várias negociações entre empregadores etrabalhadores. As mudanças acontecem no momento em que os índices deaprovação do governo García, membro do partido decentro-esquerda Apra, giram em torno de 40 por cento. (Por Maria Luisa Palomino e Marco Aquino)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.