Presidente paraguaio diz que renunciará antecipadamente

O presidente do Paraguai, NicanorDuarte, disse na quinta-feira que renunciará ao cargo em 23 dejunho, quase dois meses antes do encerramento do seu mandato,informou a mídia local. Duarte já havia anunciado que deixaria a Presidência deforma antecipada para evitar atritos com seus opositorespolíticos, que advertiram sobre uma sobreposição de funçõesproibida pela Constituição. "Em 23 de junho vou renunciar", disse ele a um grupo decolaboradores durante uma festa de aniversário, segundogravação divulgada por rádios locais. O presidente foi eleito senador pelo Partido Colorado naseleições gerais de 20 de abril e deverá fazer o juramento em 1ode julho, data em que se instalará o Congresso. O novo governoliderado pelo ex-bispo católico Fernando Lugo assumirá suasfunções dia 15 de agosto. O vice-presidente, Francisco Oviedo, um ex-senador doPartido Colorado e ex-ministro da Fazenda, ocupará o cargodurante o período de transição. (Reportagem de Daniela Desantis)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.