Protesto de mineiros na Venezuela fecha passagem para o Brasil

Trabalhadores se manifestam contra plano governamental de tirar 5 mil deles de cidade venezuelana

Efe,

02 de maio de 2008 | 23h07

Mineiros do sudeste da Venezuela mantêm fechada nesta sexta-feira, 2, a via em direção ao Brasil nos arredores da cidade de Santa Elena de Uairén, em rejeição a um plano governamental para retirar 5 mil deles da região, disse um de seus dirigentes. "O governo do presidente Hugo Chávez pretende tirar mais de 5 mil pequenos mineiros do setor de Las Cristinas, no estado de Bolívar, e quando se completaram hoje 24 horas do início do bloqueio chegaram dois comboios do Exército que supostamente vão tentar despejá-los", declarou o dirigente Abelardo Díaz. O presidente da Federação de Cooperativas e Associações de Mineiros de Ouro e Diamantes de Bolívar acrescentou em declarações telefônicas à emissora Globovisión que o bloqueio eventualmente será complementado neste final de semana com "uma greve inicial de 24 horas", com a participação de outros municípios.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaProtesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.