Queda de avião mata 8 no México; ministro está entre vítimas

Aeronave caiu sobre avenida da Cidade do México e pelo menos 40 pessoas ficaram feridas

Efe,

05 de novembro de 2008 | 04h38

A queda de um pequeno avião sobre uma avenida movimentada da Cidade do México matou nesta terça-feira, 5, oito pessoas, entre elas ministro de Governo (Interior) mexicano, Juan Camilo Mouriño, confirmaram fontes oficiais. Fontes da Presidência disseram à Agência Efe que, além de Mouriño, perderam a vida outros sete ocupantes da aeronave, que havia decolado de Saint Louis de Potosí e seguia para a capital mexicana. O prefeito da cidade, Marcelo Ebrard, também disse que "não havia possibilidade alguma" de Mouriño ter sobrevivido ao acidente. Segundo informações, o pequeno avião caiu sobre uma movimentada avenida da Cidade do México na hora do rush. Aproximadamente 40 pessoas ficaram feridas, entre pedestres e ocupantes de veículos que trafegavam pela via, disse Ebrard. O presidente do país, Felipe Calderón, fará nesta quarta-feira um pronunciamento à nação quando voltar de Guadalajara (oeste), onde estava em viagem oficial. Mouriño, que nasceu na Espanha em 1971 e se nacionalizou mexicano aos 18 anos, foi nomeado ministro de Governo em janeiro deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicoacidente aéreoavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.