Queda de pequeno avião no Chile deixa nove mortos

Bimotor pegou fogo após cair; causas do acidente serão investigadas e aeroporto de La Paloma está fechado

Efe,

11 de julho de 2008 | 02h04

Nove pessoas morreram em um acidente com um pequeno avião que caiu nas proximidades do aeroporto La Paloma da cidade de Puerto Montt, no sul do Chile. Segundo o relatório policial, o acidente aconteceu às 10h30 (11h30 em Brasília), no qual morreram oito adultos e um menor, quase todos carbonizados, já que o bimotor pegou fogo. Após o acidente, a Direção de Aeronáutica Civil decidiu fechar o aeroporto La Paloma para uma investigação detalhada da queda do avião. O aeroporto funcionará somente para operações militares, policiais e médicas. O avião, um Beechcraft 99, que se dirigia à ilha de Melinka, caiu em um terreno baldio, a só 500 metros de um setor residencial situado nos arredores de Puerto Montt, 1.044 quilômetros ao sul de Santiago. Testemunhas que tiveram acesso ao local disseram que a asa esquerda do avião já estava em chamas antes da queda. Segundo outras fontes, os problemas da aeronave começaram logo após a decolagem, principalmente quando se dispunha a realizar a conversão para ir à ilha.

Tudo o que sabemos sobre:
Chileacidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.