Refugiados do Peru são a favor da extradição de Fujimori

Comitê se reúne na terça-feira para pedir saída do ex-presidente, atualmente sob prisão domiciliar

Efe,

05 de agosto de 2007 | 20h50

O Comitê de Refugiados Peruanos no Chile convocou neste domingo, 5, uma manifestação para terça-feira para exigir a extradição do ex-presidente Alberto Fujimori, atualmente sob prisão domiciliar no país.   A manifestação ocorrerá nas portas do Palácio dos Tribunais, em Santiago do Chile, segundo Raúl Paiba, presidente do comitê.   "Exigiremos que a Corte Suprema reavalie as inconsistências da decisão do juiz Orlando Álvarez, consciente da responsabilidade que tem frente às milhares de vítimas", afirmou Paiba.   Em 11 de julho, o juiz Orlando Álvarez, responsável pelo julgamento de extradição do ex-presidente peruano (1990-2000), rejeitou em um decisão de primeira instância a entrega de Fujimori à Justiça do Peru para ser julgado por crimes financeiros e de violações dos direitos humanos.   A decisão de Álvarez não levou em conta uma recomendação emitida anteriormente pela promotora da Corte Suprema, Mónica Maldonado, que considerou que Alberto Fujimori deveria ser extraditado a Lima.   O ex-presidente peruano chegou ao Chile em novembro de 2005 e permaneceu seis meses em detenção preventiva, enquanto o Estado peruano formalizava o pedido de extradição. Ele obteve a liberdade provisória em maio de 2006.   Após ser informado do relatório da promotora a favor de sua extradição, o juiz Álvarez ordenou sua prisão domiciliar, na mansão que alugou em Chicureo, um luxuoso condomínio situado no norte de Santiago.   Funcionários da Procuradoria anticorrupção do Peru viajarão esta semana para Santiago para acompanhar o processo de extradição.   Depois da decisão de Álvarez, a causa deve ser revista e resolvida definitivamente pela II Sala Penal da Corte Suprema do Chile, com a realização de audiências públicas e alegações das partes.   Segundo fontes judiciais, o tribunal divulgará nos próximos dias a data de início das audiências.

Tudo o que sabemos sobre:
Fujimorirefugiados peruanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.