Rei não consegue fazer Chávez se calar, mas a bexiga sim

'Vou fazer xixi... Vocês querem que eu faça em vocês?', perguntou o presidente durante Cúpula da Opep

Patricia Rondon, REUTERS

19 de novembro de 2007 | 15h40

Nem o rei da Espanha consegue fazer Hugo Chávez parar de falar, mas no fim de semana o polêmico presidente da Venezuela parou de falar por um motivo mais forte - sua bexiga.   Chávez diz que pesquisas sobre referendo são manipuladas Briga de rei da Espanha com Chávez vira toque de celular Chávez reitera que espera desculpas do rei Fidel elogia 'inteligência' de Chávez em polêmica com rei Chávez diz que ninguém pode calar latino-americanos 'Por que não se cala?', diz rei espanhol a Hugo Chávez Cercado de repórteres numa entrevista coletiva da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), Chávez, que adora holofotes e costuma não ter pressa em responder às perguntas, pediu desculpas e foi embora. "Preciso ir ao banheiro, vou fazer xixi... Vocês querem que eu faça em vocês?", perguntou Chávez aos repórteres, como mostrou uma transmissão da TV estatal venezuelana. Durante uma reunião de cúpula no Chile, o rei da Espanha, Juan Carlos, mandou Chávez calar a boca. O episódio foi alvo de grande atenção internacional. Desde então, o venezuelano vem dedicando horas e horas a responder para o rei - em atos públicos, entrevistas coletivas etc. Segundo as autoridades venezuelanas, Chávez está nas telas da TV do país por 40 horas por semana. Por isso, causou espanto na Venezuela a interrupção para o xixi, já que o presidente costuma fazer programas de TV de até oito horas. 

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELAODDXIXI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.