Responsáveis por massacre são condenados na Colômbia

O major Harbey Ortega e outros três membros da Polícia foram condenados a 40 anos de prisão

EFE

17 Novembro 2007 | 03h50

A Corte Suprema de Justiça colombiana condenou nesta sexta-feira a 40 anos de prisão o major Harbey Ortega e outros três membros da Polícia pelo massacre de 34 pessoas na localidade de Gabarra, em 1999, informaram fontes judiciais. O massacre aconteceu em 21 de agosto de 1999, quando cerca de 150 paramilitares de extrema-direita chegaram à aldeia da Gabarra e assassinaram pelo menos 34 camponeses. Os policiais foram condenados pelo Supremo como co-autores de homicídio qualificado com fins terroristas e tentativa de homicídio, segundo as fontes. Os outros três policiais condenados são os agentes Arturo Velandia, Luis Toloza e Gustavo Lobo.

Mais conteúdo sobre:
Colômbia, massacre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.