Sandinistas vencem eleições em 105 municípios da Nicarágua

Ex-tricampeão mundial de boxe Alexis Argüello é o novo prefeito de Manágua

Efe,

21 de novembro de 2008 | 04h24

A governante Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) da Nicarágua ganhou em 105 das 146 Prefeituras disputadas no pleito municipal de 9 de novembro, incluindo Manágua, depois de encerrada a apuração oficial. A FSLN obteve o controle de 13 das 16 capitais de província em disputa, enquanto a aliança opositora, liderada pelo Partido Liberal Constitucionalista (PLC), venceu em 37 municípios e nas três capitais restantes, segundo os resultados divulgados nesta quinta-feira, 20, pelo Conselho Supremo Eleitoral (CSE). O presidente do CSE, Roberto Rivas, disse que os outros quatro municípios elegeram os candidatos da Aliança Liberal Nicaragüense (ALN), também de oposição. Rivas confirmou que o candidato sandinista a prefeito de Manágua, o ex-tricampeão mundial de boxe Alexis Argüello, foi o vencedor das eleições. No entanto, não forneceu o número de votos obtidos por cada um dos candidatos a prefeito, e se limitou a ler a lista de aspirantes eleitos. Os sandinistas governam atualmente 87 dos 153 municípios nicaragüenses, incluindo 14 das 17 capitais provinciais, entre elas Manágua, enquanto a aliança opositora do PLC controla 57 municípios, entre eles duas capitais.

Tudo o que sabemos sobre:
Nicaráguaeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.