Fredy Builes/Reuters
Fredy Builes/Reuters

Santos, candidato governista, mantém recuperação em pesquisas na Colômbia

Indicado de Álvaro Uribe encosta no candidato do Partido Verde, Antanas Mockus

Reuters

14 Maio 2010 | 10h02

BOGOTÁ - O candidato governista à presidência da Colômbia, Juan Manuel Santos, continuou recuperando terreno e chegou a um empate técnico com o representante do Partido Verde, Antanas Mockus, segundo pesquisa do Centro Nacional de Consultoria divulgada nesta sexta-feira, 14.

 

Santos, ex-ministro da Defesa do popular presidente Álvaro Uribe, aparece com 38% das intenções de voto, contra 36% de Mockus, ex-prefeito de Bogotá. Quatro outros candidatos aparecem com menos de 10% de intenções de voto.

 

Segundo o levantamento, no segundo turno haveria empate, com 47% para cada candidato. Foram ouvidos 3 mil eleitores em cem cidades, com margem de erro de 1,8 ponto percentual.

 

Na semana passada, o Centro Nacional de Consultoria dava 38% para Mockus e 34% para Santos no primeiro turno, mas apontava a vitória do candidato do Partido Verde na segunda rodada, já que tinha 50% das intenções contra 30% do indicado de Uribe.

 

A eleição está marcada para 30 de maio, com segundo turno em 20 de junho. Este promete ser o pleito presidencial mais disputado da história recente da Colômbia.

 

Alguns analistas atribuem a recente queda de Mockus a declarações contraditórias e à falta de precisão das suas respostas durante debate televisionados e entrevistas a rádios.

 

Nesta semana, ele declarou que às vezes deseja a mulher do próximo, e antes havia dito que admira alguns aspectos do polêmico presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e que cogitaria a possibilidade de extraditar Uribe se a Justiça internacional solicitasse - palavras que depois ele teve de vir a público esclarecer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.