Gregory Bull/Associated Press
Gregory Bull/Associated Press

Secretário geral da OEA viajará ao Haiti na próxima semana

Insulza afirmou que nos próximos dias uma missão do organismo interamericano será organizada no país

Efe,

15 de janeiro de 2010 | 18h13

O secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, disse nesta sexta-feira, 15, que viajará ao Haiti na próxima semana para apoiar as ações de ajuda no país devastado por um terremoto de grandes proporções.

 

Veja também:

linkLevará tempo para normalizar distribuição de ajuda, diz Obama 

linkDemora em ajuda leva a temor de revolta violenta no Haiti

linkCaos logístico prejudica ajuda a haitianos

linkDesafio é fazer ajuda funcionar, diz ONG

linkResgate corre contra tempo para salvar feridos

 

Insulza, que está na Costa Rica para participar da

VEJA TAMBÉM:
\"especial\" Tragédia e destruição no Haiti
\"especial\" Os piores terremotos na América Latina
\"especial\" Os piores terremotos da década
blog Blog: repercussão em tempo real
blog População do Haiti se comunica com mundo via Web
\"som\" Representante da OEA fala do tremor
\"mais A tragédia em imagens
\"lista\" Leia tudo que já foi publicado
transferência de direção no Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), disse à imprensa que neste momento o mais importante é facilitar a chegada de equipes de resgate, mas que nos próximos dias uma missão da OEA será organizada no Haiti.

 

"Estamos fazendo um esforço grande, queremos fazer uma campanha de ajuda e coletar fundos", explicou o secretário geral do organismo interamericano.

 

"Tenho previsão de viajar quando realmente for possível fazer alguma contribuição no local. Estamos reestruturando nossas equipes lá, alguns dos funcionários ainda não se reportaram, de modo que espero ir quando consideremos que nossa presença pode fazer um aporte significativo", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
ajudaHaititerremotoOEA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.