Segundo acidente aéreo em dois dias mata 4 no Chile

Quatro pessoas morreram e outras duasficaram gravemente feridas na quinta-feira num acidente aéreono sul do Chile. Na véspera, um outro avião havia caído em umcampo esportivo de Santiago, matando 11 pessoas. O novo incidente ocorreu por volta de 12h (14h em Brasília)na região de Riñinahue, perto do lago Ranco, cerca de 950quilômetros ao sul da capital. O avião particular Piper Senecahavia decolado pouco antes na localidade de Bandurrías comdestino à turística Pucón. A Direção Geral de Aviação Civil do governo disse que oavião levava cinco passageiros não identificados, além dopiloto Rafael Cañas Alemparte. "Aparentemente algo provocou uma explosão no avião e issofez com que se precipitasse à terra", disse o prefeito deRango, Santiago Rosas, ao canal público TVN. Ele acrescentou que os passageiros residiam em Santiago eestavam em visita à região do sul do Chile, coberta por bosquese lagos. (Reportagem de Antonio de la Jara)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.