Sete guerrilheiros das Farc se entregam ao Exército colombiano

Rebeldes entregaram armas e munições; desmobilização ocorreu no município de Samaná, no Estado de Caldas

Efe,

30 de março de 2008 | 20h56

Sete supostos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) se entregaram, junto com suas armas, às tropas do Exército colombiano, em uma zona rural do Estado de Caldas, segundo informaram neste domingo, 30, fontes oficiais. Veja também:França tem avião na Guiana preparado para BetancourtPor dentro das Farc Histórico dos conflitos armados na região    Segundo a Agência de Notícias do Exército (ANE), a desmobilização aconteceu no município de Samaná, onde os sete rebeldes se apresentaram ante as tropas do Batalhão de Contraguerrilhas 8, denominado Quimbayas. Os ex-integrantes das Farc entregaram quatro armas de fogo, munições e explosivos. Os rebeldes entraram para o Programa Presidencial de Abdicação de Armas, liderado pelo Ministério do Interior e de Justiça, que fornece alternativas para retornar a vida civil, mas não antes de submetê-los a exames médicos e psicológicos. Os sete que se entregaram aumentam os registros da última sexta-feira, quando cinco rebeldes - três das Farc e dois do Exército de Libertação Nacional (ELN) - se desmobilizaram em Estados ao norte da Colômbia.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcColômbiaFNL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.