Sete pessoas morrem em queda de helicóptero no Peru

Sete funcionários da empresa norte-americana Columbia Helicopters foram mortos na queda de um helicóptero na segunda-feira na Amazônia peruana, afirmou a companhia nesta terça-feira.

Reuters

08 de janeiro de 2013 | 17h10

A Columbia, conhecida por seus helicópteros de carga que são usados para trabalhos na exploração de petróleo, disse que quatro dos funcionários eram baseados nos Estados Unidos e três no Peru.

"Esse é um dia muito triste para a Columbia Helicopters", disse o presidente da companhia, Michael Fahey, em Portland, Oregon. "Podemos operar globalmente, mas ainda somos uma família."

O helicóptero caiu minutos após decolar de Pucallpa, 780 quilômetros a leste de Lima, com destino a Tarapoto. Aparentemente tentou se livrar da carga quando perdeu força, e pelo menos pelos três pessoas saltaram da aeronave, disse o jornal peruano La República, citando testemunhas.

Não houve sobreviventes, de acordo com uma autoridade judicial peruana.

A mídia local afirmou inicialmente na segunda-feira que aqueles à bordo trabalhavam para a Petrominerales, uma empresa canadense de exploração de petróleo focada em América Latina. Mais tarde, porém, a Petrominerales negou tais notícias.

A Columbia disse que trabalhará com testemunhas e autoridades para conduzir uma investigação sobre a queda.

(Reportagem de Terry Wade)

Tudo o que sabemos sobre:
PERUHELICOPTEROACIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.