Suposto ataque das Farc deixa 2 mortos na Colômbia

Um menino e uma mulher morreram na terça-feira em um ataque de supostos guerrilheiros das Farc contra uma patrulha policial em uma cidade localizada no meio de uma região de savanas e florestas no sudeste do país, informaram autoridades.

REUTERS

26 de agosto de 2009 | 08h30

A Direção Geral da Polícia Nacional informou que o ataque aconteceu no município de San Vicente del Caguán, no departamento de Caquetá, onde os homens que estavam em uma moto lançaram artefatos explosivos contra um grupo de policiais.

"O artefato não chegou ao alvo, mas caiu numa zona cheia de civis e, ao explodir, causou a morte de um menino e de uma mulher e deixou mais 19 pessoas feridas", disse à Reuters uma autoridade.

A polícia atribuiu o ataque às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o grupo rebelde mais antigo da América Latina que afirma lutar para impor o sistema socialista no país com mais de 44 milhões de habitantes.

As pessoas feridas foram levadas de avião à cidade de Neiva.

San Vicente del Caguán foi o centro de uma negociação de paz fracassada entre o governo do ex-presidente Andrés Pastrana e as Farc, entre 1999 e 2002.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)2))

Tudo o que sabemos sobre:
COLOMBIAFARCATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.