Temporal na Argentina deixa 2 mortos

Na cidade de Berisso, um homem morreu eletrocutado quando tentava regular uma antena

Efe,

17 de janeiro de 2011 | 04h39

Duas pessoas morreram no domingo, 16, na Argentina por causa das fortes chuvas e ventos que afetaram a região central do país, informaram fontes oficiais.

Um homem de 57 anos perdeu a vida na cidade argentina de Rosário após a queda de uma árvore sobre a caminhonete na qual viajava, enquanto foram registradas rajadas de vento de 87 km/h, disse o diretor de Defesa Civil do distrito, Raúl Reinone.

Na cidade de Berisso, na província de Buenos Aires, um homem de 49 anos morreu eletrocutado quando tentava regular uma antena instalada sobre o teto de sua casa, informou a imprensa local.

O temporal também causou atrasos nas estradas do país, pelas quais passaram no domingo mais de 2.600.000 veículos, por causa do aumento do turismo interno durante o verão austral.

Tudo o que sabemos sobre:
ArgentinaBerissoTemporal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.