Terremoto atinge sudoeste do México; não há vítimas

Um violento terremoto demagnitude 6,4 atingiu o sudoeste do México na terça-feira,tornando-se o mais recente de uma série de tremores ocorridanos últimos dias. Apesar da força do abalo sísmico, não há relatos sobremortos ou danos materiais significativos. O terremoto aconteceu às 6h50 (10h50 em Brasília) e seuepicentro ficou 36 quilômetros a noroeste de Arriaga, no Estadode Chiapas, e a uma profundidade de 116 quilômetros, segundo oserviço geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla eminglês). O abalo sísmico interrompeu por um curto período de tempo ofornecimento de energia elétrica à capital de Chiapas, TuxtlaGutierrez, mas autoridades disseram que dezenas de pequenascidades da região não sofreram qualquer dano. "Não há perdas humanas ou materiais", disse uma autoridadeda agência de proteção civil, Zaydi Garcia, em TuxtlaGutierrez, localizada a 110 quilômetros do centro do terremoto. Um tremor com magnitude de 6,4 graus pode provocar danospesados, especialmente em áreas onde há construções frágeis. Autoridades da proteção civil do Estado de Oaxaca, vizinhoa Chiapas e lar de vilarejos indígenas pobres, não registraramdanos para além de rachaduras em prédios antigos, como oPalácio Municipal da cidade de Juchitan. Duas casas abandonadasruíram na cidade de Matias Romero, perto dali. "Sentimos o tremor em quase todo o Estado de Oaxaca, masnão há registro de mortes. Apenas de pequenos danos", afirmouCesar Narvaez, chefe do serviço estadual de proteção civil. As construções também suportaram o abalo na capital deOaxaca, uma cidade colonial com calçamento de pedra, bastantevisitada por turistas e localizada a cerca de 260 quilômetrosdo centro do terremoto, afirmou Jose Basan, uma autoridadelocal da proteção civil. O tremor, que o USGS antes havia dito ter ficado em 6,6graus de magnitude, quase não foi sentido na capital do país, aCidade do México, apesar de alguns prédios terem sidoesvaziados ali. Equipes de resgate vasculharam 16 bairros da capital, masnão encontraram vítimas ou danos aos prédios e àinfra-estrutura, disse o governo da cidade em um comunicado. Desde sábado, quatro tremores moderados atingiram o México,três deles perto da cidade de Mexicali (noroeste) e um, nasegunda-feira, perto da cidade de Cintalapa (Chiapas),localizada somente 40 quilômetros ao norte do terremoto maisrecente. O México é um país sujeito a abalos sísmicos, em especialao longo de sua costa no Pacífico. Os que atingem mais de 6graus são os mais perigosos. (Reportagem de Catherine Bremer e Mica Rosenberg na Cidadedo México e Sandra Maler em Washington)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.