Terremoto de magnitude 6,6 no Chile não deixa vítimas nem danos

Um terremoto de magnitude 6,6 atingiu a costa do Chile no domingo à noite, a 25 quilômetros de profundidade, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

REUTERS

14 de fevereiro de 2011 | 07h54

O epicentro do tremor, originalmente estimado em 6,4, se situou 97 quilômetros a oeste da cidade de Talca, segundo a instituição.

O Escritório Nacional de Emergências do Chile (Onemi) informou não ter registro de danos ou vítimas.

Não houve também ameaça de tsunami, de acordo com o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico.

Na manhã do domingo foram registrados tremores de magnitude 6 e 5,8, cerca de 25 quilômetros a nordeste da cidade de Concepción. O mais forte ocorreu a 13 quilômetros de profundidade, informou o Serviço dos EUA.

(Por Eric Walsh)

Tudo o que sabemos sobre:
CHILETERREMOTOSUL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.