Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Terremoto secundário atinge o Chile, mas não causa danos

O abalo no Porto de San Antonio e na cidade de Casablanca teve intensidade de 4 graus na escala Richter

Efe

10 de março de 2010 | 01h41

Um novo tremor secundário, de intensidade moderada e relacionada ao terremoto e ao maremoto do último dia 27 de fevereiro, foi sentido na noite desta terça-feira, 9, em Santiago, Valparaíso e o sul do Chile, sem danos materiais ou vítimas mortais.

 

Segundo o relatório do Escritório Nacional de Emergência (Onemi, pela sigla em espanhol), o tremor aconteceu às 23h35 locais (mesmo horário em Brasília) com intensidades entre 2 e 4 graus na escala internacional de Mercalli, que vai de 1 a 12 e que leva em consideração os efeitos e danos causados.

 

No porto de San Antonio e na cidade de Casablanca o abalo chegou aos 4 graus. Na região Metropolitana de Santiago, 3 graus. Em San Fernando, Valparaíso e outras regiões, 2 graus.

 

Posteriormente, às 23h42, um novo terremoto atingiu a região de Bio-Bio, com 4 graus na escala de Mercalli.

 

Os tremores secundários se somam a outros quatro que atingiram a zona central do Chile e que, segundo especialistas, são ligados ao terremoto de 27 de fevereiro, com 8,8 graus nas escala Richter, que afetou a zona centro e sul com um saldo provisório de aproximadamente 800 mortos e dois milhões de desabrigados.

Tudo o que sabemos sobre:
terremotoChilesecundário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.