Stringer/Reuters
Stringer/Reuters

Três pessoas morrem em tentativa de chegar a pé a Cusco

Estrada onde pessoas andavam tem vários pontos de deslizamentos; quatro pessoas estão desaparecidas

Efe,

28 de janeiro de 2010 | 18h20

Três pessoas morreram enquanto tentavam chegar a pé de Abancay a Cusco, quando a estrada que liga as duas cidades do sul peruano entrou em colapso devido as fortes chuvas que atingem a área, informou nesta quinta-feira, 28, o deputado peruano Oswaldo Luizar.

 

Luizar pediu que os motoristas públicos não abandonem os passageiros a sua sorte, já que muitos deles tentam seguir a pé por uma via intransitável, que atravessa montanhas cobertas de lama. Várias partes da rota entre Cusco e Abancay estão destruídas devido "às fortes chuvas que estão fazendo com que as montanhas fiquem movediças e ocorram deslizamentos", disse o deputado

 

O presidente regional de Apurímac, David Salazar, disse à Rádio Programas do Peru (RPP), que quatro pessoas foram reportadas como desaparecidas nessa mesma rota.

 

Salazar acrescentou que nas últimas semanas desapareceram cinco pessoas, entre elas três menores.

 

As regiões de Cusco e Apurímac estão em estado de emergência por 60 dias desde segunda-feira, em consequência dos estragos causados pelas intensas chuvas que estão atingindo diversas regiões do Peru.

 

Ainda não há cifras oficiais do número de mortos pelas chuvas em todo o país; apenas cinco confirmadas em Cusco.

 

O Instituto de Defesa Civil (Indeci) mobilizou cerca de 35 toneladas de ajuda para os 18.220 danificados e 34.730 afetados em Cusco, informou a agência oficial Andina. Na avaliação realizada até hoje, há 3.644 casas totalmente destruídas e 6.946 parcialmente danificadas.

 

Enquanto as atenções estão centradas na situação dos turistas isolados em Machu Picchu, evacuações estão sendo feitas de vários lugares em Cusco, entre eles a localidade de Anta, de onde 4.000 famílias já foram retiradas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.