Três quartos da capital terão de ser reconstruídos, diz ministro

Porto Príncipe ficou arrasada após terremoto; autoridades carecem de qualquer equipamento hospitalar

Reuters,

15 de janeiro de 2010 | 19h46

Três quartos da capital do Haiti, Porto Príncipe, deverão ser reconstruídos por conta do devastador terremoto que atingiu o país na terça-feira, disse nesta sexta-feira, 15, o ministro da Saúde haitiano.

 

"Três quartos da cidade precisam ser reconstruídos, não somente as áreas totalmente destruídas, mas também os lugares em que muitas casas têm danos estruturais", disse Alex Larsen.

 

Ao ser consultado sobre os recursos que o governo tem para enfrentar as emergências no campo da saúde, o ministro replicou que "não tem nem um pouco de algodão". Estamos esperando por equipamentos e remédios. Algumas coisas já chegaram e estamos agradecidos", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.