Tropas do Equador estão sob controle de Correa--chefe militar

O chefe do comando das Forças Armadas do Equador, Ernesto González, garantiu nesta quinta-feira que estão subordinados à autoridade do presidente Rafael Correa, em meio a protestos de policiais que provocaram caos em vários quarteis do país.

REUTERS

30 de setembro de 2010 | 13h26

"Estamos em um Estado de Direito. Estamos subordinados à máxima autoridade que é o senhor presidente da República", afirmou o chefe militar em um pronunciamento transmitido pelos meios de comunicação locais.

Policiais protestam por causa da eliminação de benefícios econômicos para a tropa incluídos em uma reforma legal. A manifestação se estende paulatinamente em todo o país e ameaça submeter a nação a um caos.

(Por Alexandra Valencia)

Tudo o que sabemos sobre:
EQUADORSOBCONTROLEMILITARES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.