Universitário é assassinado durante protesto na Venezuela

Manifestantes contrários e a favor de Hugo Chávez se enfrentam em San Cristobal, a 650 km de Caracas

Associated Press,

09 de dezembro de 2009 | 05h24

Um estudante universitário foi morto com um tiro durante um confronto entre um grupo de chavistas enfrentou opositores do presidente Hugo Chávez, na cidade de San Cristobal, nesta terça-feira, 8.

 

Jesus Eduardo Ramirez Rodriguez, que era estudante de engenharia,  morreu vítima de um disparo na cabeça, de acordo com o retor da Estação Experimental da Universidade Táchira (UNET).

 

A Federação dos Estudantes da Universidade Central Venezuela, a maior e mais antiga do país, condenou o assassinato de Jesus Ramirez e disse em um comunicado que o universitário "foi vítima da intolerância e da política fascista de transformar o inimigo dissidente."

 

Tudo o que sabemos sobre:
Chávezprotestoestudante

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.