Uribe é covarde, mentiroso, nocivo e manipulador, diz Chávez

Líder venezuelano afirma que presidente da Colômbia serve para ser 'chefe de uma máfia'

Efe,

20 de janeiro de 2008 | 19h53

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, chamou neste domingo, 20, de "covarde, mentiroso, nocivo e manipulador" o chefe de Estado colombiano, Álvaro Uribe, e ressaltou que um "homem assim não merece ser presidente de nada, muito menos de um país". "Serve para ser chefe de uma máfia", acrescentou ao ler uma carta que disse ter recebido de pessoas seqüestradas pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e afirmou que Uribe passará à história como "um triste peão do império americano".  Esta é a pior crise bilateral recente entre os dois países. Ela teve início em novembro, quando Uribe, desgostoso sobre os contatos de Chávez com a cúpula militar colombiana, afastou o presidente venezuelano das tarefas de mediação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia para a libertação de mais de 40 reféns.Chávez fez então duros ataques verbais a Uribe, a quem acusou de ser mentiroso, de não querer a paz no país e de estar a serviço do "império" norte-americano. Como ato de "desagravo" a Chávez, a guerrilha Farc lhe entregou na semana passada duas reféns, Clara Rojas e Consuelo González.  Uribe respondeu a Chávez acusando-o de legitimar o terrorismo das Farc e liderar um projeto expansionista de esquerda na América Latina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.