Efe/Arquivo
Efe/Arquivo

Uribe elogia debate colombiano sobre referendo da reeleição

Se aprovada, votação pode permitir que presidente dispute segunda reeleição consecutiva no dia 30 de maio

Efe,

25 de fevereiro de 2010 | 11h14

O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, disse nesta quinta-feira, 25, que vê como algo positivo a manifestação dos colombianos sobre a posição dos eleitores a respeito de sua reeleição ou não e reiterou seu respeito pelas instituições democráticas de seu país.

 

As declarações e Uribe foram dadas em um momento que a Corte Constitucional estuda a realização de um referendo que definirá se o mandatário poderá ou não disputar um terceiro mandato consecutivo.

 

"Creio ser bom que os colombianos digam estar de acordo ou em desacordo com a reeleição", disse o presidente durante uma palestra para estudantes na Universidade Javieriana de Bogotá. Uribe, que conseguiu em 2006 que o Congresso modificasse a Constituição, reiterou que será prudente "com qualquer decisões das instituições". Vários veículos da imprensa colombiana reportaram nesta quinta-feira que a decisão da Corte sobre o referendo deve ser divulgada na próxima sexta.

 

Uribe, no poder desde 2002, tem até o dia 12 de março para inscrever sua candidatura ao mandato de 2010-2014. Se o referendo não for aprovado, o mandatário não poderá tentar a reeleição nas eleições do dia 30 de maio.

Tudo o que sabemos sobre:
ColômbiaUribereferendoeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.