Uribe encontrará indígenas que realizaram marcha por terras

Data de negociação com grupo não foi anunciada; minoria pede apoio do governo e melhores condições de vida

Agências internacionais,

29 de outubro de 2008 | 08h52

O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, anunciou na terça-feira, 28, que se reunirá com líderes indígenas em uma zona rural a sudoeste de Bogotá. Os indígenas fazem uma marcha por melhores condições de vida e mais apoio do governo.   O presidente assegurou que chegará a La María, 370 quilômetros ao sudoeste da capital, para "ter esse diálogo com o maior respeito, escutá-los com o maior respeito". Não foi divulgada, porém, a data do encontro.   La María é a zona rural onde se iniciaram as manifestações para pressionar o governo pelo não cumprimento de uma promessa para entregar terras aos indígenas. Além disso, eles também protestam por causa do assassinato de vários indígenas nos últimos anos. Uribe tentou reunir-se no domingo com os dirigentes indígenas na cidade de Cali, 300 quilômetros a sudoeste de Bogotá. Porém a reunião não ocorreu, pois o presidente se atrasou.   O líder da mobilização, Daniel Piñacue, aprovou a decisão de Uribe de se reunir com os indígenas. Aproximadamente 30 mil deles participaram da marcha de protesto.

Tudo o que sabemos sobre:
Colômbiaindígenas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.