Uribe parte ao encontro de Ingrid e outros 14 ex-reféns

Reféns resgatados passarão por exames médicos e depois serão levados de Tolemaida para Bogotá

Efe

02 de julho de 2008 | 18h09

O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, partiu nesta quarta-feira, 2,  para a base aérea de Tolemaida, no centro do país, onde se encontrará com a ex-candidata a Presidência colombiana,  Ingrid Betancourt, e os três americanos e 11 miliares resgatados sãos e salvos pelo Exército, informaram fontes oficiais. Uribe já deve estar na  base aérea de Tolemaida, já que, segundo o ministro da Defesa colombiano, Juan Manuel Santos, sua chegada estava prevista para as 17h30 (horário de Brasília).   Aparentemente, os reféns resgatados passarão por exames médicos e depois serão levados de Tolemaida para Bogotá.O ministro do Interior do país, Fabio Valencia Cossio, disse que Uribe, com quem conversou, está "muito contente" com o resgate, que demonstra a eficácia da gestão governamental.   Veja também: Chanceler colombiano se diz emocionado com resgate de Ingrid Exército colombiano anuncia o resgate de Ingrid Betancourt O drama de Ingrid Por dentro das Farc  Histórico dos conflitos armados na região      Uribe estava na cidade caribenha de Cartagena recebendo o candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, quando foi informado da libertação dos reféns, ocorrida nos departamentos de Guaviare e Vaupés, no sul da Colômbia. Na chamada "Operação Xeque", também foram resgatados os americanos Thomas Howes, Keith Stansell e Marc Gonsalves, que prestavam serviço para o Exército americano quando foram seqüestrados, e 11 policiais e militares que estavam há mais de seis anos em poder das Farc.     Segundo o ministro, o chefe de Estado também disse que "o fim das Farc está próximo", graças à sua poítica de "segurança democrática".

Tudo o que sabemos sobre:
Ingrid BetancourtFarc

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.