Uribe promete não esquecer os outros reféns das Farc

O presidente colombiano, Álvaro Uribe,disse na quarta-feira que seu governo não descansará enquantonão conseguir a libertação de todos os reféns da guerrilha dasForças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Uribe obteve na semana passada o maior triunfo contra asFarc em seus seis anos de governo, quando uma operação doExército conseguiu, sem violência, libertar ilesos 15 reféns,inclusive a ex-candidata a presidente Ingrid Betancourt. "Assim como não houve um só dia de abandono, não haverá umsó dia de esquecimento nem de descuido até que tenhamos conoscolibertados os sequestrados que continuam no cativeiro, grupo noqual está o senhor ex-governador Alan Jara", afirmou Uribe. As Farc ainda mantêm consigo 25 reféns de caráter político,inclusive Jara, ex-governador do Departamento do Meta, prestesa completar 7 anos como sequestrado. Também estão em poder daguerrilha centenas de reféns comuns, destinados a trocas pordinheiro. Inaugurando uma obra no Departamento do Meta, Uribe nãodisse se pretende libertar os reféns por meio de negociações oupela via militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.