Venezuela afirma que BP pediu autorização para venda de ativos

A britânica BP solicitou ao governo da Venezuela autorização para negociar a venda de seus ativos no país sul-americano, disse neste domingo o ministro de Energia, Rafael Ramírez.

REUTERS

26 de setembro de 2010 | 10h46

No entanto, a autoridade esclareceu que a companhia ainda não fez uma proposta formal para a negociação.

"Eles (BP) nos enviaram um comunicado dizendo que estavam em conversações, se nós autorizaríamos, e dissemos que sim", afirmou Ramírez neste domingo, ao participar das eleições legislativas do país.

A gigante britânica está buscando vender seus ativos em diversos países para buscar recursos que cubram o prejuízo com o vazamento de óleo no Golfo do México.

No mês passado, Ramírez afirmou que a BP necessitava da autorização do governo do presidente Hugo Chávez para vender sua participação minoritária nos projetos que tem com a estatal PDVSA.

(Por Marianna Párraga)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELABP*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.