Venezuela 'congelará' relações com a Colômbia, diz Chávez

A Venezuela vai retirar seu embaixador da Colômbia e congelar as relações com seu vizinho andino, disse o presidente venezuelano, Hugo Chávez, na terça-feira.

REUTERS

28 de julho de 2009 | 21h08

"Determinei a retirada de nosso embaixador em Bogotá, para retirar nosso pessoal diplomático", disse o líder venezuelano em reunião com aliados próximos transmitida pela TV.

"Vamos congelar as relações com a Colômbia", acrescentou.

Não houve comentário imediato do governo colombiano sobre as declarações de Chávez.

O anúncio vem um dia depois de a Colômbia afirmar que armas compradas pela Venezuela junto à Suécia foram parar nas mãos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Nos últimos dias, Chávez tem reclamado de ações tomadas pela Colômbia, como planos para o envio de mais tropas dos Estados Unidos para ajudar a combater traficantes de drogas no país.

Chávez disse também que a Venezuela também vai substituir importações da Colômbia.

(Reportagem de Raymond Colitt)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELACOLOMBIACORTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.