Venezuela desmonta oito laboratórios de drogas

Os laboratórios estavam localizados próximos a fronteira do país com a Colômbia

AP

23 de abril de 2010 | 04h33

Os corpos de segurança venezuelanos apreenderam, pelo menos, 4.000 quilos de alcaloides, a maior parte cocaína e pequena porção de pasta de coca, base da produção da droga, ao desmontar oito laboratórios de drogas a poucos metros da fronteira com a Colômbia, informou o governo nesta quinta-feira, 22.

 

O ministro do Interior e Justiça, Tareck El-Aisammi, destacou em uma entrevista a rede de televisão estatal venezuelana, que o laboratórios estavam localizados no município Catatumbo, próximo a fronteira com a Colômbia. "Neste momento estamos em pleno desenvolvimento da operação, e não houve presos", destacou o ministro.

 

Por estar próximo a Colômbia, o país é um dos principais centros de processamento de drogas da América do Sul. Segundo os Estados Unidos, a Venezuela não está fazendo o suficiente para deter o fluxo de drogas, em particular a cocaína, em seu território.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.