Venezuela fecha oitavo banco privado em 11 dias

O governo do presidente Hugo Chávez fechou nesta sexta-feira o banco privado Banorte, com a alegação de que a instituição não estava conseguindo cumprir as suas obrigações e assim ameaçava a credibilidade do sistema financeiro venezuelano.

WALKER SIMON, REUTERS

12 de dezembro de 2009 | 11h11

"A situação de liquidez do Banorte não está permitindo que o banco cubra as suas obrigações de curto prazo", disse o comunicado do governo.

O Banorte é o oitavo banco privado fechado pelo governo desde 30 de novembro.

O presidente Chávez afirmou ter fechado sete bancos na semana passada para combater a corrupção e proteger os correntistas. Na sexta, ele alertou os bancos privados em operação para ou emprestarem mais ou serem fechados.

Os sete bancos fechados na semana passada eram responsáveis por 8 por cento do total de depósitos bancários da Venezuela. Dois desses bancos serão liquidados, e o resto vai se unir num novo banco estatal.

O governo disse que 93 por cento dos 68.865 correntistas do Banorte estão com os seus depósitos assegurados por um sistema estatal de seguro.

Ele afirmou que os bancos fechados ameaçavam "a credibilidade e a confiança necessárias para a estabilidade do sistema financeiro."

Representantes do Banorte não foram encontrados para comentar o fechamento.

No ano que vem, Chávez enfrenta eleições legislativas e os problemas econômicos do país vêm aumentando. A Venezuela entrou em recessão no último trimestre e tem a maior taxa de inflação da América Latina, cerca de 26 por cento ao ano.

Na semana passada, filas de investidores em pânico nos bancos fechados relembraram a crise financeira dos anos 1990, que custou ao Estado 11 bilhões de dólares.

Chávez se diz um combatente contra a corrupção. Os seus opositores afirmam que ele reprime apenas uma fração dos empresários que se favoreceram dos laços com o governo, e apenas quando lhe convém.

Horas depois do fechamento do Banorte, Chávez já dizia querer que os bancos aumentassem os depósitos para o sistema de seguro estatal para depositantes.

(Reportagem por Walker Simon)

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELABANCOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.