Venezuela julgará homem por usar camiseta com frase contra Chávez

Miguel Hernandez teria cometido o crime de 'ofensa aos chefes de governo' ao vestir roupa

AP,

13 de novembro de 2010 | 20h35

CARACAS- Um tribunal da Venezuela decidiu neste sábado, 13, levar a julgamento um homem que vestiu uma camiseta com frases contra a "revolução socialista" do presidente Hugo Chávez, segundo a imprensa local.

 

Miguel Hernandez, um homem de 49 anos que sofre de câncer, será julgado em 1º de dezembro por supostamente ter cometido o crime de "ofensa aos chefes de governo", de acordo com uma ordem ditada por um tribunal do estado de Nueva Esparta.

 

Segundo o jornal de Caracas Tal Cual, o mecânico assistiu a um jogo de beisebol em fevereiro deste ano vestindo uma camiseta com uma foto de Homer, personagem do desenho americano Simpsons, com uma frase contra o projeto socialista de Chávez.

 

Alguns sites noticiosos afirmam que a frase era "A revolução é uma m...", enquanto outros mostraram uma foto em que se lia com dificuldade a frase "Hugo, c... para sua revolução".

 

O diário El Universal reportou que quando Hernandez estava indo embora do local, foi preso por funcionários da Guarda Nacional, mas logo depois colocado em liberdade após protestos do público.

 

Mais tarde, quando saiu do estádio, teria sido detido novamente. Depois, um tribunal o colocou em regime de apresentação.

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaHugo Chávezsocialismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.