Venezuela precisa entrar no Mercosul e não pode esperar: Chávez

O presidente venezuelano, HugoChávez, disse na quarta-feira, no Uruguai, que seu país precisaentrar no Mercosul, mas dificilmente pode esperar até depois dofim do ano para completar sua adesão, que "inexplicavelmente"está demorando. A Venezuela está em processo de adesão como integrantepleno do bloco, formado por Brasil, Argentina, Uruguai eParaguai, num processo que para ser concretizado deve seraprovado pelos congressos de todos os sócios. Argentina e Uruguai já deram sinal verde para a entrada daVenezuela, mas os parlamentos do Paraguai e do Brasil ainda nãoconcederam a aprovação. "Entramos num esfriamento inexplicável porque nada nos foidito sobre as razões (...) É um pouco incômodo", disse Chávezem discurso junto a seu colega uruguaio, Tabaré Vázquez. "Não é fácil para mim dizer isso que vou dizer: que assimcomo digo que a Venezuela necessita entrar no Mercosul,acredito que também o Mercosul necessita... não a Venezuela,necessita crescer e necessita crescer transformando-se (...)Dificilmente podemos esperar mais que o fim do ano", declarou. Em julho, o presidente venezuelano, que realiza visitaspela América do Sul, havia pressionado o bloco a aprovar aentrada de seu país no Mercosul em setembro ou desistiria dapostulação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.