Venezuela propõe fundo petróleo-por-alimento na América Latina

A Venezuela pediu nesta quarta-feiraaos países produtores de energia na América Latina a criação deum fundo para ajuda alimentícia aos países pobres com os lucrosdas exportações de petróleo. O presidente Hugo Chávez irá convidar produtores de gás epetróleo regionais --Brasil, México, Equador e Bolívia assimcomo Cuba-- para um encontro em Caracas para a criação de umfundo petróleo-por-comida, afirmou o ministro do Exteriorvenezuelano. "Nós iremos planejar uma fórmula baseada nos preços dopetróleo e no nível de produção que irá permitir a criação deum fundo especial petróleo-por-comida, levando em consideraçãoas condições de cada país", disse Nicolas Maduro, duranteencontro regional sobre a crise de alimentos, na Nicarágua. Ele não deu mais detalhes sobre o plano. A Venezuela jáprometeu 100 milhões de dólares com outros líderes regionaispara comprar alimentos como arroz, feijão e milho. Os paísesesperam prevenir os protestos e tensões políticas que assolamnações de Camarões a Bangladesh. Os preços do petróleo atingiram recorde de alta acima de120 dólares por barril em dias recentes, beneficiando paísesricos em petróleo como a Venezuela mas devastando países pobresda América Latina que estão sofrendo com a inflação. (Reportagem de Brian Harris)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.