Venezuelanos votaram por democracia, dizem EUA após referendo

O subsecretário de Estado para AssuntosPolíticos dos Estados Unidos, Nicholas Burns, afirmou nestasegunda-feira que a derrota do presidente venezuelano, HugoChávez, no referendo de domingo mostrou que a população do paísquer democracia. "Foi uma notícia positiva ver esta vitória dos cidadãos daVenezuela, porque sentimos que este referendo foi um referendopara fazer de Chávez um presidente vitalício e isso nunca seráum desdobramento bem-vindo em um país que quer ser umademocracia", afirmou Burns a repórteres em Cingapura, ondeparticipa de um seminário. Os EUA dizem que Chávez é uma influência perigosa naAmérica Latina e que usa a riqueza do petróleo venezuelano paraconquistar aliados e atingir a democracia. Por seu lado, Chávez já chamou o presidentenorte-americano, George W. Bush, de "diabo", o capitalismo de"desgraça" e seus críticos de traidores. (Por Saul Hudson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.