Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Até 2 milhões de pessoas são esperadas em Washington

Antes de amanhecer, posse do novo presidente dos EUA já reúne multidão mesmo com temperatura negativa

Agência Estado e Associated Press,

20 de janeiro de 2009 | 10h25

 População chega para a cerimônia de posse antes do amanhecer. Foto: AP WASHINGTON - Multidões se encaminham para a capital dos Estados Unidos nesta terça-feira, 20, complicando o trânsito antes do amanhecer na medida em que pessoas de outras áreas e residentes locais se encaminham para a avenida Pennsylvania e para o National Mall para o juramento do presidente eleito Barack Obama. Por volta das 4h desta terça-feira (horário local, 7h em Brasília), filas se formavam na entrada do sistema de metrô nos subúrbios. Trens extras foram colocados em razão da expectativa de maior demanda.  Veja também:Agenda da posse presidencial de Barack Obama Obama faz história e toma posse como 44.º presidente dos EUA Michelle, a 'mãe-em-chefe' da Casa BrancaMãe de Michelle vai morar na Casa BrancaObama enfrentará desafios históricos em lua-de-mel curta  Política de imigração de Obama esbarrará no desemprego Obama pedirá era de responsabilidade em discurso de posse Dez lições de Bush para Obama A vida de Barack Obama em imagens  Imagens da família Obama    Os trens estavam lotados, mas as pessoas pareciam estar de bom humor, apesar de ser cedo. O professor de história Calvin Adams, de Arlington, Virgínia, disse ter acordado ainda mais cedo para poder testemunhar a história sendo feita em primeira mão e, dessa forma, contar a seus alunos. O sistema de metrô Metrorail começou a funcionar às 4h (7h em Brasília), uma hora mais cedo do que em dias normais, para levar as pessoas para a cidade. Milhares de ônibus alugados, vindos de todos os pontos do país estão no Distrito de Columbia, lotando estacionamentos e até mesmo ruas, que foram fechadas na segunda-feira para acomodar os visitantes.  Todas as pontes que conectam o Distrito de Columbia e a Virgínia foram fechadas e apenas veículos autorizados, pedestres e ciclistas podem passar por elas. Uma grande parte do centro da cidade de Washington será fechada e em outros setores não será permitido o estacionamento de veículos. As duas estações de metrô nas proximidades do National Mall permanecerão fechadas na maior parte do dia.  Quem quiser pegar um táxi para deixar a cidade pode não conseguir. Alguns taxistas decidiram não trabalhar por causa do fechamento das ruas e porque eles também querem ter a oportunidade de assistir a posse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.