Bento XVI felicita Obama e diz confiar em um mundo em paz

Porta-voz do Vaticano pede a Deus que ajude o novo presidente dos EUA a corresponder às expectativas

EFE,

05 de novembro de 2008 | 18h05

O papa Bento XVI enviou, nesta quarta-feira, um telegrama de felicitação a Barack Obama, vencedor das eleições presidenciais nos Estados Unidos, no qual manifestou que a escolha do democrata é "um momento histórico" e diz que confia em Obama para construir um mundo de paz.Veja também:Após eleição, Obama toma café com filhas e reúne assessores Já circulam rumores sobre equipe de Obama na Casa Branca Em discurso, Obama diz que 'mudança chegou à América' Veja o perfil do novo presidente Disputa foi a mais cara de todas Campanha de Obama fez história Especial: Festa por mudança  Trajetória de Obama  Guterman: Obama é o resgate do 'espírito americano'  Blog: Brasileiros nos EUA Estadao.com.br na terra dos Obamas Diário de bordo da viagem ao Quênia  Veja a apuração das eleições Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA   Segundo o porta-voz do Vaticano, o jesuíta Federico Lombardi, o pontífice pede a Deus que ajude "Obama e o povo americano para que, com todas as pessoas de boa vontade, seja possível construir um mundo de paz, de solidariedade e de justiça".Lombardi pediu, nesta quarta-feira, que "Deus ilumine" Obama para que possa "responder às grandes esperanças e expectativas colocadas nele". O porta-voz da Santa Sé expressou o desejo do Vaticano de que Obama, o primeiro presidente de origem afro-americana na história dos EUA, sirva "eficazmente ao direito e à justiça, por meio de vias adequadas para promover a paz no mundo, favorecendo o crescimento e a dignidade das pessoas, e respeitando os valores humanos e espirituais essenciais".

Tudo o que sabemos sobre:
Barack Obamaeleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.