Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Bush afirma que seu sucessor será um republicano

Presidente americano disse ainda que seu partido recuperará o controle do Congresso

Efe,

26 de fevereiro de 2008 | 03h03

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse nesta segunda-feira, 25, estar confiante de que seu sucessor será um político republicano. "Acredito que manteremos (o controle) da Casa Branca em 2008", assinalou Bush. O presidente deverá deixar o controle da Casa Branca em 20 de janeiro de 2009, sendo substituído pelo vencedor das eleições presidenciais de novembro. O favorito para representar o Partido Republicano no pleito é o senador pelo Arizona John McCain, cujo rival democrata será decidido entre o senador por Illinois, Barack Obama, e a senadora por Nova York, Hillary Clinton. Bush não assegurou apenas que o ganhador será um republicano, mas também se disse confiante de que seu partido recuperará o controle do Congresso, atualmente nas mãos dos democratas. "Não quero que o próximo presidente republicano esteja só, e é por isso que temos que tomar a Câmara de Representantes e recuperar o Senado, e assegurar-nos de que nossos estados sejam governados por republicanos", disse. O presidente assegurou que a maioria dos americanos apóia as idéias defendidas pelo Partido Republicano. "O povo americano quer uma defesa nacional forte e um Governo que proteja o povo de novos ataques. E é isso o que lhes dará o Partido Republicano", disse. Bush acrescentou que os americanos também querem menos impostos, assim como uma liderança forte. "Não tenho nenhuma dúvida de que, com a ajuda de vocês, 2008 vai será um grande ano", indicou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.